Seguidores

sábado, 16 de junho de 2012

Como separar uma briga de cães?




“Lidar com uma situação de briga séria entre cães é uma experiência assustadora. E pior: deparar-se com uma briga entre dois cães muito grandes e muito fortes pode ser aterrorizador! Eles parecem que ficam surdos!!



A primeira dica é: NÃO tentar separar os cães utilizando as mãos ou o próprio corpo, especialmente se forem cães grandes e fortes! Manter-se afastado das bocas dos cães é muito importante, pois, no meio de uma briga, eles podem acabar mordendo o que estiver na frente, caso não consigam morder o outro cachorro (agressividade por transferência)! E isto pode ocasionar sérios ferimentos, já que os cães podem nem perceber que estão mordendo a mão de um humano no meio da confusão! Ademais, se for o caso de uma briga entre (ou com) cães grandes, fortes e com alto instinto de ataque, como narrado pela Cátia, a coisa fica ainda mais séria e perigosa… Assim, prezar pela segurança de humanos e caninos é crucial.
Não gritar, nem tampouco bater nos cães é outra dica importante. Se o cão ouvir o dono gritando, pode ficar ainda mais incitado a brigar, pois concluirá que ambos estão em perigo. E usar a força física fará com que fiquem ainda mais propensos a lutar ferozmente… Infelizmente, diante de uma situação dessas, o mais comum é que as pessoas gritem sem parar!
Se houver uma mangueira por perto ou um balde com bastante água, uma boa alternativa é, literalmente, dar um banho de água fria nos dois (se possível, mirar no que iniciou a briga). Em muitos casos, um jato forte de água, vindo de uma mangueira, fará com que os cães se soltem.Estalinhos (biribas, bombinhas), jogados no chão, próximo aos cães (várias de uma vez só), podem dar um susto suficiente para que os cães parem de se atracar

ANTES de iniciada uma briga: se os cães começam a se olhar fixamente, ficam com os pelos da nuca arrepiados, mostram os dentes e rosnam, é hora de tomar umas das medidas acima IMEDIATAMENTE, preferencialmente, saindo do local com o cão.”A

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent Visitors