Seguidores

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Os cinco sentidos dos gatos

Os gatos possuem sentidos bem aguçados, até os gatos filhotes são perfeitamente capazes de ter noção do mundo à sua volta, esses sentidos também auxiliam o gato a voltar pra casa. Os cinco sentidos são os mesmos das pessoas: Visão, Audição, Olfato, Paladar e Tato. Porém muito mais sensiveis, veja mais detalhes abaixo. 

cinco sentido dos gatos


Visão: Os olhos dos felinos se adaptam bem com pouco ou nenhuma luz, o que é preciso para um animal caçador. Sua visão binocular é importante aos animais caçadores para avaliar a distância dos alvos com precisão, que nesse aspecto é melhor que a dos cachorros. Atualmente se sabe que os gatos enxergam cores, embora não deem muita atenção a elas. 

Audição: Assim como nós, os gatos conseguem identificar a origem dos sons, mas sua audição capta altas frequências, ou seja, é bem mais aguçada do que a dos humanos. 

Olfato: Graças ao focinho, o gato tem um olfato bem melhor do que o nosso. Suas narinas têm cerca de 19 milhões de terminações nervosas farejadoras, enquanto os seres humanos têm apenas cerca de 5 milhões. Também há uma pequena estrutura incomum no céu da boca do gato, o órgão de Jacobson, que analisa a composição de certos odores, particularmente os odores sexuais. Ao franzir o focinho com uma careta, o gato está usando o órgão de Jacobson. Isso pode ser observado quando ele fareja um canteiro com a erva-do-gato (estimulante para o felino) ou o rastro de urina de outro gato na calçada. 

Paladar: Os gatos se alimentam de maneira altamente criteriosa, mais do que os cachorros. De fato, eles têm paladar aguçado, captado por canais nervosos ao cérebro. Atualmente é sabido que os gatos têm alguns nervos condutores de sabores doces, e esse número tende a aumentar à medida que compartilhamos a casa, nossos hábitos e, consequentemente, guloseimas doces. A maioria das papilas gustativas do gato está na língua e poucas no palato mole e nas partes que margeiam a boca. E os gatos adultos são mais sensíveis ao gosto azedo. 

Tato: Esse sentido é importante para os gatos e é claramente demonstrado pela maneira carinhosa como se esfregam e ao se esbarrarem nas pessoas, em outros animais ou em objetos. Para um gato recém nascido, que é cego, incapaz de farejar e tem os ouvidos fechados, o sentido do tato é vital para reagir às vibrações da mãe ronronante quando ela o chama para se alimentar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent Visitors